segunda-feira, 17 de setembro de 2012

AMAmentação



Depois do parto eu estava nas nuvens quando a enfermeira trouxe no carrinho o meu pacotinho Amanda e disse que já poderia tentar amamentar.
Dias antes perguntei para minha irmã como foi a amamentação no hospital, ela disse que colocou a Bia no seio e ela mamou, simples assim.
Então eu peguei a Amanda no colo pela primeira vez e ofereci meu seio, ela fez carinha de nojo e não sugou, nisso já eram 2 da manhã.
Depois tentei de novo e nada, dai eu ouvi um barulho na porta era a moça que ia ficar comigo no quarto, a mãe e o marido dela, guardei o seio e coloquei a Amanda no berço, ela estava dormindo e eu tentaria depois porque se ela estivesse com fome estaria chorando.
Amanheceu o dia e eu tentei novamente a Amanda tem a boquinha bem pequena e não abria de jeito nenhum, não sugava, nisso já estava preocupada e falei com a enfermeira, ela apertou meu seio e estava saindo o colostro.
Passei o dia inteiro tentando e nada, mas amamentação é instinto porque ela não mama?? Pensei
A minha colega de quarto encostou o menino no seio e ele mamava que era uma beleza e eu me sentindo a pior mãe do mundo.
No final da tarde eu já estava com o meu desespero no nível um milhão, pois a Amanda não sugava, eu chamava as enfermeiras e elas apertavam meu seio, saia colostro e todas diziam que eu teria que insistir que eu tinha leite, mas ninguém entendia que a Amanda não sugava e que ela estava há horas sem se alimentar.
Veio outra enfermeira e disse que fizeram um teste na Amanda de glicose e outro lá que nem sei o nome e deu tudo normal, ela disse que se ela não estivesse mamando os resultados seriam outros.
Por mais que as enfermeiras insistiam a Amanda não sugava o seio, dava uma dó dela eu espremia saia um pouquinho de leite e ela lambia, uma enfermeira falou que meu bico era plano por isso a Amanda não sugava. ( Nada a Ver)
Ela passou uma noite inteira chorando muito e eu desesperada, triste e arrasada, ela me olhava com aqueles olhinhos como quem estava pedindo algo e fazia biquinho de choro, meu coração ficou dilacerado meus olhos enchem de lágrimas só de lembrar.
No outro dia veio uma orientadora do hospital, um anjo que apareceu na minha frente.
Ela perguntou se eu estava tendo alguma dificuldade e que estava lá para ajudar.
Falei para ela que apenas a amamentação estava muito difícil e que eu estava desesperada.
Ela colocou as luvas olhou meu seio e disse que eu não tenho nenhum problema muito pelo contrario meu seio é ótimo e eu mostrei para ela o que a Amanda fazia quando eu encostava o seio na boca dela.
Ela me explicou que a Amanda é um bebê que precisa de estimulo para mamar, é uma preguiçosa e com calma íamos conseguir.
Ela ficou mais ou menos 1 hora testando posições, estimulando a Amanda quando de repente ela começa a mamar.
Pela primeira vez tinha sentido ela mamando pra valer e ela ficou muito tempo mamando, a bixinha estava morrendo de fome coitada.
A felicidade que eu senti na hora não da para explicar.
Ela disse que eu estou aprendendo a ser mãe e a Amanda também esta aprendendo a ser filha, não foi fácil para nós duas.
Em casa até comprei o LA, pois fiquei com medo de não conseguir, mas eu não desisti os primeiros dias foram difíceis, dores e tudo mais, mas hoje posso dizer que minha persistência valeu muito a pena.
Hoje Amanda mama que é uma beleza, já aprendeu a pegar corretamente, claro que às vezes ela esquece e a saga continua kkk.
Na primeira consulta no pediatra vi que ela ganhou peso e isso me deixou muito feliz, é sinal que o leitinho da mamãe esta dando certo.
Por isso AMAmentação, AMOR....

5 comentários:

  1. Ju, que bacana!
    É novidade para ambas e ainda bem que apareceu um anjo para ensinar!

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Ai que coisa boa ler esse post... :)
    vou te fazer um pedido, tira do teu comentário aquela caixinha chata de verificar palavras... eu fico um tempão p postar as vezes chego a desistir!é um pedido com carinho bj000!

    ResponderExcluir
  3. Ju, adorei ler este post seu.
    Me deu um alivio tremendo e percebi que não preciso entrar em neuras que tudo é uma adaptação. Bella nasceu fazem 5 dias e to passando pelo mesmo que você, mas nao vou desistir não!

    Beijão pra ti!

    ResponderExcluir
  4. Que bom que dá dando tudo certo! Gracinha essa menina!

    ResponderExcluir
  5. Sou uma artesã me chamo Regina faço trabalhos em croche principalmente roupinhas de bebê como Toquinhas, acessórios em croche para bebezinhos roupinhas de variados tamanho dependi da cliente. Moro em Blumenau SC gostaria que conhecesse meus trabalhos deixo aqui meu site blog, onde gosto de publicar meus trabalhos
    Estou a disposição
    Regina Paixão por Artesanato
    http://reginapaixaoporartesanato.blogspot.com/

    ResponderExcluir